$type=grid$show=home$count=4$cate=0$rm=0$sn=0$au=0$cm=0

Ex-ministros querem tirar investigação da Lava Jato e miram Justiça Eleitoral

Guido Mantega (PT) e Marcos Pereira (PRB), alvos de inquérito que apura compra de apoio em campanha de Dilma Rousseff, entram com recurso no STF

BRASÍLIA - Na mira da Operação Lava Jato, os ex-ministros Guido Mantega (PT) e Marcos Antônio Pereira (PRB) entraram com recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) para que seja encaminhada à Justiça Eleitoral uma investigação instaurada contra eles no âmbito da delação da Odebrecht. Os dois são alvo de inquérito que apura a suposta compra de apoio político de R$ 7 milhões para garantir a adesão do PRB à campanha de Dilma Rousseff à Presidência da República em 2014.

Anteontem, a ministra Nancy Andrighi, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), decidiu encaminhar à Justiça Eleitoral de São Paulo um outro inquérito instaurado com base na delação da Odebrecht que investiga o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) por suspeita de caixa 2, o que livrou o tucano, por ora, da rota da Lava Jato.
O ex-ministro da Fazenda Guido Mantega Foto: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO
Integrantes do Ministério Público Federal ouvidos pelo Estado consideram “lamentável” a saída encontrada por políticos para se livrar da Lava Jato e das investigações na Justiça Federal, já que afirmam que o caminho natural seria uma investigação prévia de crime comum. Também destacam que a Justiça Eleitoral possui punições mais brandas e não tem vocação nem tempo para apurar crimes dessa natureza.

No caso de Mantega e Marcos Antônio Pereira, os ex-ministros recorrem de uma decisão do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF, que remeteu no último dia 2 os autos da investigação para o Tribunal Regional Federal da 3.ª Região (TRF-3).

A apuração foi encaminhada para o TRF-3 já que o inquérito também tem entre os investigados Edinho Silva, ex-ministro da Secretaria de Comunicação Social do governo Dilma Rousseff. Edinho atualmente é prefeito de Araraquara (SP) e possui prerrogativa de foro naquele tribunal.
Repercussão

Para o ex-ministro do TSE e especialista em direito eleitoral Henrique Neves, o envio de investigações criminais para a Justiça Eleitoral não impede a apuração de todos os fatos. “Se houver crime eleitoral e crimes comuns conexos, a competência para julgar ambos é da Justiça Eleitoral. Se não houver correlação entre eles, o juiz eleitoral envia a parte comum para a Justiça comum ou federal e fica apenas com a parte eleitoral”, afirma Neves.
O ex-ministro da Indústria e do Comércio, Marcos Antonio Pereira Foto: Dida Sampaio/Estadão
Procurada pelo Estado, a assessoria de Marcos Pereira informou que a Justiça Eleitoral é o “foro adequado dada a natureza da acusação”. “Não se trata de punição mais ou menos branda, até porque Marcos Pereira provará sua inocência”, disse a assessoria.

A defesa de Mantega não respondeu à reportagem até a publicação.

Julgamento 
Na última terça-feira, a Segunda Turma do STF determinou que sejam enviados à Justiça Eleitoral do DF os termos de delação do casal Mônica Moura e João Santana, que tratam de suspeitas de caixa 2 nas campanhas de Dilma Rousseff à Presidência em 2010 e em 2014.

O colegiado analisou um outro pedido da defesa de Mantega, que buscava reverter decisão do ministro Edson Fachin, que determinou o envio dos depoimentos para a Justiça Federal do Paraná.

Os advogados de Mantega alegaram que o ex-ministro já estaria sendo investigado pelos mesmos fatos em dois inquéritos no STF, o que impossibilitaria a investigação na primeira instância. Por sugestão do ministro Dias Toffoli, o caso foi enviado à Justiça Eleitoral do Distrito Federal.

Fonte:Estadão

COMMENTS

Nome

#OLabinho,4,=,1,Acidente,1,Assassina,5,Auto-ajuda,2,Bahia,624,Barra da Estiva,1,Brasi,6,Brasil,2032,chuva,2,chuvas,2,Claudia Wild,4,CNH,1,comercio,2,Copa,1,Correios,8,Corrupção,206,D'jane Silva,6,Denúncia,348,Denûncia,63,Desabamento,6,Destaque,1904,Detran,1,Economia,219,Educação,24,Eleição,38,Elizeu Rosa,30,Emprego,9,Encostas,1,Energia,5,Entretenimento,111,Esporte,14,Eunápolis,9,Europa,1,Feira de Santana,15,FUNAI,1,Futebol,1,Google,4,Governo,35,Greve,8,Ilhéus,22,Indígenas,2,Inflação,4,Internacional,26,Internacional.,32,Internet,2,Itabuna,19,Jequié,75,Justiça,41,Lauro de Freitas,17,Meio Ambiente,6,Migrantes,14,Mundo,214,Natureza,2,Noticias,1873,Notícias,1517,Paulo Afonso,1,Pobreza,5,poli,3,Policia,93,Polícia,195,Politica,759,Política,1237,Porto Seguro,13,Religião,4,Rio de Janeiro,2,Rural,1,Salvador,320,Saúde,69,Segurança Pública,133,STF,1,Tecnologia,8,Teixeira de Freitas,15,Terroristas,4,Trânsito,18,transporte,48,TRE,5,TSE,1,Violência,112,Vitória da Conquista,29,w,2,www,1,
ltr
item
Ebahia News: Ex-ministros querem tirar investigação da Lava Jato e miram Justiça Eleitoral
Ex-ministros querem tirar investigação da Lava Jato e miram Justiça Eleitoral
https://img.estadao.com.br/resources/jpg/4/8/1495838057484.jpg
Ebahia News
http://www.ebahianews.com.br/2018/04/ex-ministros-querem-tirar-investigacao.html
http://www.ebahianews.com.br/
http://www.ebahianews.com.br/
http://www.ebahianews.com.br/2018/04/ex-ministros-querem-tirar-investigacao.html
true
6004791991803311525
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO PESQUISA TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy