$type=grid$show=home$count=4$cate=0$rm=0$sn=0$au=0$cm=0

Fux pede manifestação do governo em ação contra tabela do frete

Resultado de imagem para contra tabela do frete
foto da internet
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux concedeu hoje (13) prazo de 48 horas para que a Presidência da República e órgãos do governo federal se manifestem sobre a ação na qual a Associação do Transporte Rodoviário de Carga do Brasil contesta a resolução da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) que tabelou os preços mínimos de fretes para o transporte rodoviário.O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux concedeu hoje (13) prazo de 48 horas para que a Presidência da República e órgãos do governo federal se manifestem sobre a ação na qual a Associação do Transporte Rodoviário de Carga do Brasil contesta a resolução da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) que tabelou os preços mínimos de fretes para o transporte rodoviário.

Após receber as informações, o ministro vai julgar a ação. Conforme a decisão, a ANTT; o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE); a Secretaria de Promoção da Produtividade e Advocacia da Concorrência, do Ministério da Fazenda; e o presidente Michel Temer, na condição de chefe do Executivo, deverão enviar suas alegações ao Supremo. O procedimento de solicitação de informações é praxe em ações constitucionais em tramitação na Corte.

Na ação de inconstitucionalidade, a associação alegou que a norma da ANTT violou o princípio constitucional da livre iniciativa ao interferir na atividade econômica, segundo a entidade.

O tabelamento do frete foi uma das reivindicações de caminhoneiros atendidas pelo governo no fim do mês passado para tentar pôr fim à paralisação que durou 11 dias, afetando amplos setores da economia.

O acordo também é contestado judicialmente pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), que entrou com ação no STF para suspender os efeitos da Medida Provisória 832, que estabeleceu preços mínimos para o serviço de frete prestado pelos caminhoneiros. A Confederação Nacional da Indústria (CNI) foi outra entidade que manifestou intenção de buscar o Supremo contra o tabelamento.

O tabelamento com os novos valores mínimos para o frete o rodoviário no país já havia sido derrubado em decisão liminar de juiz federal no Rio Grande do Norte. A decisão, entretanto, foi suspensa pelo vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), desembargador Cid Marconi Gurgel de Souza.

Após receber as informações, o ministro vai julgar a ação. Conforme a decisão, a ANTT; o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE); a Secretaria de Promoção da Produtividade e Advocacia da Concorrência, do Ministério da Fazenda; e o presidente Michel Temer, na condição de chefe do Executivo, deverão enviar suas alegações ao Supremo. O procedimento de solicitação de informações é praxe em ações constitucionais em tramitação na Corte.

Na ação de inconstitucionalidade, a associação alegou que a norma da ANTT violou o princípio constitucional da livre iniciativa ao interferir na atividade econômica, segundo a entidade.

O tabelamento do frete foi uma das reivindicações de caminhoneiros atendidas pelo governo no fim do mês passado para tentar pôr fim à paralisação que durou 11 dias, afetando amplos setores da economia.

O acordo também é contestado judicialmente pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), que entrou com ação no STF para suspender os efeitos da Medida Provisória 832, que estabeleceu preços mínimos para o serviço de frete prestado pelos caminhoneiros. A Confederação Nacional da Indústria (CNI) foi outra entidade que manifestou intenção de buscar o Supremo contra o tabelamento.

O tabelamento com os novos valores mínimos para o frete o rodoviário no país já havia sido derrubado em decisão liminar de juiz federal no Rio Grande do Norte. A decisão, entretanto, foi suspensa pelo vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), desembargador Cid Marconi Gurgel de Souza.

Fonte: Agência Brasil

COMMENTS

Nome

#OLabinho,4,=,1,Acidente,1,Assassina,5,Auto-ajuda,4,b,3,Bahia,673,Barra da Estiva,1,Brasi,6,Brasil,2808,Brasília,1,chuva,3,chuvas,7,Claudia Wild,5,CNH,2,comercio,29,Copa,1,Correios,11,Corrupção,239,D'jane Silva,6,Dança e Cultura,2,Denúncia,410,Denûncia,67,Desabamento,10,Destaque,1942,Detran,3,Distrito Fedral,2,Economia,364,Educação,56,Eleição,98,Elizeu Rosa,31,Emprego,24,Encostas,1,Energia,16,Entretenimento,189,Esporte,17,Eunápolis,9,Europa,1,Feira de Santana,15,FUNAI,1,Futebol,2,Google,6,Governo,42,Greve,14,Ilhéus,24,Indígenas,3,Inflação,5,Internacional,42,Internacional.,55,Internet,2,Itabuna,20,Jequié,77,Justiça,46,Lauro de Freitas,17,Meio Ambiente,31,Migrantes,24,Mundo,238,N,1,Natureza,14,Noticias,2213,Notícias,2623,Paulo Afonso,2,Pobreza,8,poli,6,Policia,118,Polícia,324,Politica,832,Política,2175,Porto Seguro,14,Religião,12,Rio de Janeiro,4,Rural,2,Salvador,325,Saúde,151,Segurança Pública,155,STF,1,Tecnologia,27,Teixeira de Freitas,15,Terroristas,4,Trânsito,38,transporte,73,TRE,5,TSE,2,Violência,205,Vitória da Conquista,29,w,2,www,1,
ltr
item
Ebahia News: Fux pede manifestação do governo em ação contra tabela do frete
Fux pede manifestação do governo em ação contra tabela do frete
http://cdn.destakjornal.com.br/images/2018-06/img_797x448$2018_06_12_21_26_41_21747.jpg
Ebahia News
http://www.ebahianews.com.br/2018/06/fux-pede-manifestacao-do-governo-em.html
http://www.ebahianews.com.br/
http://www.ebahianews.com.br/
http://www.ebahianews.com.br/2018/06/fux-pede-manifestacao-do-governo-em.html
true
6004791991803311525
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO PESQUISA TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy