$type=grid$show=home$count=4$cate=0$rm=0$sn=0$au=0$cm=0

Ministro diz que projeção de salário mínimo em R$ 1.002 está mantida


 Segundo Colnago, projeção pode mudar, mas governo não reviu nada ainda.
O ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Esteves Colnago, afirmou, nesta quarta-feira (6), que o governo mantém a projeção para o salário mínimo em 2019 no valor de R$ 1.002, diferentemente da estimativa de redução apontada em nota técnica da Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso Nacional. Segundo a nota, que subsidia os trabalhos da CMO, houve redução na projeção de inflação para o ano, de 3,8% para 3,5%, segundo o Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas Primárias do 2º bimestre, o que rebaixaria o mínimo do ano que vem para R$ 998.
O ministro do Planejamento, Esteves Colnago, participa de audiência pública na Comissão Mista de Orçamento (Wilson Dias/Agência Brasil)

“A grade de parâmetros oficial é aquela que foi feita em 15 de março, essa é a que existe. Nós iremos rever mais na frente ou mais no final do ano. Nossas projeções podem mudar ao longo do ano, mas o governo não está revendo nada”, afirmou.

Por lei, o reajuste do salário mínimo é feito com base na variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) acumulada em 12 meses, acrescida da variação real do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país de dois anos anteriores. Assim, o salário mínimo de 2019 deve ser corrigido pelo INPC de 2018 e terá aumento real equivalente à taxa de crescimento do PIB em 2017, que foi de 1%.
Déficit

Colnago participou de audiência pública na CMO para discutir o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2019, que estabelece as regras para elaboração e execução da proposta orçamentária de 2019. De acordo com a legislação, o projeto precisa ser aprovado até o dia 17 de julho. Ao apresentar a projeção de déficit primário para os próximos anos, resultado das contas públicas do governo (receitas menos despesas, excluindo o pagamento de juros da dívida pública), o ministro ressaltou que a expectativa é que o país só consiga reverter o rombo orçamentário a partir de 2024. Essa expectativa é diferente da previsão inicial do próprio governo, que projetou retomada de superávit a partir de 2022.

“Há alguns cenários que levam a que, a partir de 2024, a gente tenha uma chance de reverter o déficit. Isso leva em consideração o teto dos gastos”, explicou. A aprovação de reformas estruturais, como a da Previdência, de acordo com o ministro, é fundamental para o cumprimento da emenda constitucional do teto dos gastos, que limita o crescimento dos gastos públicos à variação da inflação do ano anterior.

A proposta da LDO enviada ao Congresso prevê que o governo gastará R$ 635,4 bilhões no próximo ano para pagar os benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), um valor que é R$ 43,1 bilhões (7,27%) maior que o previsto para 2018. O pagamento de salários do funcionalismo e encargos sociais soma mais R$ 321,983 bilhões. Além disso, outras despesas obrigatórias estão estimadas em R$ 360,122 bilhões, segundo a LDO de 2019. Com isso, sobrariam cerca de R$ 99 bilhões de recursos discricionários, que financiam obras e investimentos, o que representa cerca de 7% do total do Orçamento Federal estipulado para próximo ano.

Colnago negou que haja discussão para incluir no orçamento do ano que vem algum subsídio para o combustível, como foi feito na semana passada para atender à reivindicação de redução no valor do óleo diesel feita pelos caminhoneiros. “Não há nenhuma discussão nesse sentido ainda”, afirmou.

Saiba mais

COMMENTS

Nome

#OLabinho,4,=,1,Acidente,1,Assassina,5,Auto-ajuda,4,b,3,Bahia,673,Barra da Estiva,1,Brasi,6,Brasil,2808,Brasília,1,chuva,3,chuvas,7,Claudia Wild,5,CNH,2,comercio,29,Copa,1,Correios,11,Corrupção,239,D'jane Silva,6,Dança e Cultura,2,Denúncia,410,Denûncia,67,Desabamento,10,Destaque,1942,Detran,3,Distrito Fedral,2,Economia,363,Educação,55,Eleição,97,Elizeu Rosa,31,Emprego,24,Encostas,1,Energia,16,Entretenimento,189,Esporte,17,Eunápolis,9,Europa,1,Feira de Santana,15,FUNAI,1,Futebol,2,Google,6,Governo,42,Greve,14,Ilhéus,24,Indígenas,3,Inflação,5,Internacional,42,Internacional.,55,Internet,2,Itabuna,20,Jequié,77,Justiça,46,Lauro de Freitas,17,Meio Ambiente,31,Migrantes,24,Mundo,238,N,1,Natureza,14,Noticias,2211,Notícias,2622,Paulo Afonso,2,Pobreza,8,poli,6,Policia,118,Polícia,324,Politica,832,Política,2173,Porto Seguro,14,Religião,12,Rio de Janeiro,4,Rural,2,Salvador,325,Saúde,151,Segurança Pública,155,STF,1,Tecnologia,26,Teixeira de Freitas,15,Terroristas,4,Trânsito,38,transporte,73,TRE,5,TSE,2,Violência,205,Vitória da Conquista,29,w,2,www,1,
ltr
item
Ebahia News: Ministro diz que projeção de salário mínimo em R$ 1.002 está mantida
Ministro diz que projeção de salário mínimo em R$ 1.002 está mantida
http://imagens.ebc.com.br/V3S4UaYLoMY19CKXwO50VL_cJHI=/463x0/smart/http://agenciabrasil.ebc.com.br/sites/default/files/thumbnails/image/wdol_abr0606183532.jpg?itok=Fwhtmrok
Ebahia News
http://www.ebahianews.com.br/2018/06/ministro-diz-que-projecao-de-salario.html
http://www.ebahianews.com.br/
http://www.ebahianews.com.br/
http://www.ebahianews.com.br/2018/06/ministro-diz-que-projecao-de-salario.html
true
6004791991803311525
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO PESQUISA TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy