$type=grid$show=home$count=4$cate=0$rm=0$sn=0$au=0$cm=0

Bolsonaro e Onyx recebem diretor da Aneel e técnicos em energia

Candidato do PSL à Presidência e deputado ouviram relato sobre os pontos considerados prioritários para o setor energia. 
Tânia Rego/Agência Brasil
O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, e o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS), que deverá assumir a Casa Civil caso o deputado vença a eleição de domingo (28), receberam em reuniões nesta semana um grupo de especialistas em energia, incluindo o diretor-geral da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), André Pepitone, segundo participantes das conversas.

Os encontros, que aconteceram na segunda-feira, na casa do presidenciável e no quartel-general de sua campanha em um hotel no Rio de Janeiro, incluíram a apresentação a Bolsonaro e Onyx de pontos considerados prioritários pelos presentes para os setores de eletricidade, petróleo e gás natural, de acordo com os relatos.

A agenda para a área elétrica incluiu pontos como a necessidade de redução das tarifas, a avaliação dos subsídios nas contas de luz, a conclusão da privatização de distribuidoras de energia da Eletrobras e o aprimoramento do marco regulatório do setor elétrico, segundo documento entregue à equipe do presidenciável e visto pela Reuters.

A busca por uma solução para um déficit de geração das hidrelétricas, o reequilíbrio estrutural de regras de compartilhamento de riscos entre as usinas hídricas, o chamado MRE (Mecanismo de Realocação de Energia), e a revisão dos "modelos de operação e formação de preços do setor" de energia também foram colocados como pontos importantes.


O consultor Adriano Pires, do CBIE Centro Brasileiro de Infraestrutura, disse à Reuters que o grupo teve "uma conversa rápida" com Onyx e Bolsonaro e que os participantes defenderam em geral uma visão "de mercado" e "menos intervencionista" para as políticas de energia.

Além de Pires e Pepitone, as reuniões contaram com o advogado Gustavo De Marchi, consultor da FGV Energia, o presidente da Associação Brasileira de Empresas Distribuidoras de Gás (Abegás), Augusto Salomon, e o deputado federal Leonardo Quintão (MDB-MG), entre outros.

No setor de petróleo e gás, os especialistas pediram a continuidade do plano de desinvestimentos da Petrobras, a atração de novos agentes para as atividades de refino e distribuição, privatizações de unidades de processamento de gás natural e harmonização dos incentivos aos biocombustíveis com a manutenção da oferta de derivados de petróleo, de acordo com o material entregue pelos técnicos ao candidato.

Também foi apresentada a Bolsonaro a proposta de criação de um "vale gás" para beneficiar consumidores de baixa renda.

"A gente defende soluções mais de mercado, mas ao mesmo tempo a gente colocou que o gás, o botijão, é um problema social... tem que ter uma política que foque quem mais precisa, como na energia elétrica tem a tarifa social", disse Pires.

Uma fonte que esteve nos encontros disse, sob anonimato, que houve ainda uma sinalização de que o grupo deverá ser chamado para novas conversas após as eleições em caso de vitória do candidato do PSL, que lidera as pesquisas de intenção de voto.

A campanha de Bolsonaro não respondeu de imediato a pedidos de comentário sobre os encontros. Assessores de Onyx e Quintão também não puderam comentar imediatamente.

Procurada, a Aneel disse que não iria comentar a presença do diretor-geral André Pepitone nas conversas.

Leilões

As prioridades sugeridas pelos especialistas à equipe de Bolsonaro incluíram também a continuidade de leilões de exploração de petróleo e gás, preços livres para derivados de petróleo "tendo como referência o mercado internacional" e "alíquotas de impostos flexíveis para suavizar as flutuações de preços no mercado doméstico".

No setor de eletricidade, constaram ainda do material elaborado pelos especialistas as sugestões de ampliar a participação de fontes renováveis na matriz, incentivar a chamada geração distribuída e o fortalecimento do mercado livre de energia e "resolver a questão do licenciamento ambiental" de projetos de energia.

"Ele (Bolsonaro) foi bem receptivo com as informações... O desejo é grande, mas tem um Congresso novo pela frente, eleição de presidentes da Câmara e Senado, fora indicações de ministro, presidente da Petrobras... certamente que tem algumas coisas ali (na agenda proposta) que são um pouco 'azedas' de se trabalhar (politicamente)", afirmou a fonte que esteve na reunião.

Bolsonaro tem prometido uma agenda econômica liberal, a ser comandada pelo economista Paulo Guedes e recrutou o acadêmico da Universidade de Iowa Luciano de Castro para apoiar suas políticas para energia, também com promessas de continuar com reformas liberais iniciadas pelo presidente Michel Temer na área.

Mas o rumo das políticas do capitão da reserva do Exército para energia enfrenta alguma incerteza em meio a declarações de Bolsonaro que apontam sua reservas em relação a privatizações, incluindo de ativos da Eletrobras e da Petrobras. A Reuters publicou no início de outubro que o assunto tem gerado uma batalha interna na equipe de campanha do candidato.

Fonte: R7

COMMENTS

Nome

#OLabinho,4,=,1,Acidente,1,Assassina,5,Auto-ajuda,4,b,3,Bahia,689,Barra da Estiva,1,Brasi,8,Brasil,3068,Brasília,3,chuva,3,chuvas,7,Claudia Wild,6,CNH,2,comercio,45,Copa,1,Correios,13,Corrupção,248,D'jane Silva,6,Dança e Cultura,3,Denúncia,427,Denûncia,68,Desabamento,11,Destaque,1966,Detran,3,Distrito Fedral,2,drogas,1,Economia,393,Educação,71,Eleição,151,Elizeu Rosa,31,Emprego,33,Encostas,1,Energia,19,Entretenimento,203,Esporte,18,Eunápolis,9,Europa,1,Feira de Santana,15,FUNAI,1,Futebol,3,Google,6,Governo,43,Greve,14,Ilhéus,24,Indígenas,5,Inflação,5,Internacional,43,Internacional.,65,Internet,2,Itabuna,20,Jequié,77,Justiça,47,Lauro de Freitas,17,Meio Ambiente,32,Migrantes,28,Mundo,244,N,1,Natureza,15,Noticias,2354,Notícias,3227,Paulo Afonso,2,Pobreza,10,poli,6,Policia,121,Polícia,370,Politica,929,Política,2719,Porto Seguro,14,Religião,23,Rio de Janeiro,4,Rural,2,Salvador,325,Saúde,177,Segurança Pública,165,STF,1,Tecnologia,28,Teixeira de Freitas,15,Terroristas,5,Trânsito,46,transporte,79,TRE,5,TSE,2,Violência,252,Vitória da Conquista,29,w,2,www,1,
ltr
item
Ebahia News: Bolsonaro e Onyx recebem diretor da Aneel e técnicos em energia
Bolsonaro e Onyx recebem diretor da Aneel e técnicos em energia
https://img.r7.com/images/nossa-decisao-e-pela-neutralidade-diz-bolsonaro-sobre-apoio-a-sartori-ou-leite-credito-tania-rego-arquivo-agencia-brasil-cp-23102018093324349?dimensions=460x305
Ebahia News
http://www.ebahianews.com.br/2018/10/bolsonaro-e-onyx-recebem-diretor-da.html
http://www.ebahianews.com.br/
http://www.ebahianews.com.br/
http://www.ebahianews.com.br/2018/10/bolsonaro-e-onyx-recebem-diretor-da.html
true
6004791991803311525
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO PESQUISA TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy