$type=grid$show=home$count=4$cate=0$rm=0$sn=0$au=0$cm=0

Propostas de Bolsonaro já é motivo de debate na ONU

Referência às propostas do candidato gerou discussão entre ONGs brasileiras e o governo de Michel Temer em Genebra

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) já é motivo de um debate em plena sede da ONU, em Genebra. Nesta semana, a sociedade civil, governos e empresas negociam nas salas das Nações Unidas um tratado sobre empresas multinacionais e seu papel social e ambiental. Mas, nesta quinta-feira, foi uma referência às propostas de Bolsonaro que acabou gerando um debate entre ONGs brasileiras e o próprio governo de Michel Temer, que insistiu à secretaria das negociações do tratado que o processo eleitoral brasileiro e "acusações políticas" não tinham lugar naquele fórum.

O primeiro a falar foi o secretário-executivo do Conselho Indigenista Missionário (CIMI), Cleber Buzatto. Ao final de um discurso em que pedia a adoção de critérios humanitários em negócios que envolvam a exportação de commodities agrícolas, ele acabou pedindo a "ajuda internacional" diante das propostas de Bolsonaro.
Jair Bolsonaro (PSL), candidato à Presidência
 Jair Bolsonaro (PSL), candidato à Presidência Foto: Twitter/Jair Bolsonaro / Estadão Conteúdo
Com o apoio dos grandes conglomerados empresariais do agronegócio, mineração, financeiro e outras empresas, o candidato da extrema-direita à Presidência do Brasil afirmou que irá por fim a toda forma de ativismo no País", disse Buzatto. "Pedimos o apoio e a solidariedade da comunidade internacional", declarou o ativista, sendo aplaudido por alguns que estavam na sala.

O CIMI se referia a uma declaração assinada por outras 3 mil entidades e que "repudiava" a fala do candidato em relação a ativistas de direitos humanos e pedia um apoio de movimentos pelo mundo.

"Por meio de nota, organizações não-governamentais, coletivos e movimentos sociais nacionais e internacionais repudiaram a afirmação do candidato Jair Bolsonaro de que, se eleito, vai "botar um ponto final em todos os ativismos no Brasil", aponta a declaração, liderada pela Conectas Direitos Humanos.

"Organizações e movimentos são atores estratégicos na contribuição para a formulação de políticas públicas, na elaboração de leis importantes para o País", afirma o documento ao citar leis conquistadas por meio de pressão de organizações ativistas, como as que criminalizam o racismo e a violência contra a mulher. E conclui: "calar a sociedade civil, como anuncia Jair Bolsonaro, é prática recorrente em regimes autoritários. Não podemos aceitar que passe a ser no Brasil."

Mas a fala do CIMI foi rebatido pelo Itamaraty. A embaixadora do Brasil na ONU, Maria Nazareth Farani Azevedo, pediu um direito de resposta diante do discurso do CIMI e fez questão de questionar a referência de Buzatto ao candidato do PSL.

Segundo ela, a referência a Bolsonaro estava desviando a atenção das negociações. "Este não é o momento e nem o local para tratar das instituições brasileiras ou do processo eleitoral", disse a embaixadora. "O Brasil considera que tais declarações desviavam nossa atenção da negociação substantiva de um instrumento internacional sobre empresas e direitos humanos e não contribuem para a compreensão dos assuntos sob consideração".

Para a embaixadora, ao tratar desses outros temas, o tempo para negociação sobre o tratado é desperdiçado. "Gostaria de indicar que o Brasil não é um assunto dessas consultas", disse. Ela ainda pediu que a secretaria das negociações oriente delegações a não usar o tempo de discursos para fazer "acusações políticas de assuntos que não estão no mandato" do grupo negociador.

Fonte: Terra Noticias

COMMENTS

Nome

#OLabinho,4,=,1,Acidente,1,Assassina,5,Auto-ajuda,4,b,3,Bahia,699,Barra da Estiva,1,Brasi,11,Brasil,3106,Brasília,4,chuva,3,chuvas,7,Claudia Wild,6,CNH,2,comercio,47,Copa,1,Correios,13,Corrupção,248,D'jane Silva,6,Dança e Cultura,4,Denúncia,428,Denûncia,69,Desabamento,12,Destaque,1981,Detran,4,Distrito Fedral,4,drogas,1,Economia,396,Educação,73,Eleição,152,Elizeu Rosa,39,Emprego,34,Encostas,1,Energia,19,Entretenimento,203,Esporte,20,Eunápolis,9,Europa,1,Feira de Santana,15,FUNAI,1,Futebol,4,Google,6,Governo,43,Greve,14,Ilhéus,24,Indígenas,5,Inflação,5,Internacional,44,Internacional.,65,Internet,2,Itabuna,20,Jequié,78,Justiça,47,Lauro de Freitas,17,Meio Ambiente,34,Migrantes,28,Mundo,248,N,1,Natureza,16,Noticias,2400,Notícias,3266,Paulo Afonso,2,Pobreza,11,poli,6,Policia,124,Polícia,381,Politica,976,Política,2750,Porto Seguro,14,Presidente PTN,1,PTN,1,Religião,25,Rio de Janeiro,4,Rural,2,Salvador,325,Saúde,180,Segurança Pública,165,STF,1,Tecnologia,28,Teixeira de Freitas,15,Terroristas,5,Trânsito,47,transporte,79,TRE,5,TSE,2,Violência,254,Vitória da Conquista,29,w,2,www,1,
ltr
item
Ebahia News: Propostas de Bolsonaro já é motivo de debate na ONU
Propostas de Bolsonaro já é motivo de debate na ONU
https://p2.trrsf.com/image/fget/cf/460/0/images.terra.com/2018/10/18/1539728928613.jpg
Ebahia News
http://www.ebahianews.com.br/2018/10/propostas-de-bolsonaro-ja-e-motivo-de.html
http://www.ebahianews.com.br/
http://www.ebahianews.com.br/
http://www.ebahianews.com.br/2018/10/propostas-de-bolsonaro-ja-e-motivo-de.html
true
6004791991803311525
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO PESQUISA TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy