Ministros avaliam ser difícil reverter prisão após 2ª instância

Antes da decisão de Marco Aurélio, havia nos bastidores a avaliação de que o atual entendimento seria revertido este ano. 
Foto: Nelson Jr./SCO/STF
Com a decisão de Marco Aurélio Mello, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) vão ter mais dificuldade em reverter, em abril, a decisão sobre a prisão após segunda instância. A informação é do blog de Andréia Sadi, do portal G1.

Em dezembro, Marco Aurélio mandou soltar todas as pessoas que estivessem presas por terem sido condenadas pela segunda instância da Justiça.

A Procuradoria Geral da República, contudo, recorreu, e o presidente do STF, Dias Toffoli, suspendeu a decisão do ministro até abril, quando o plenário do Supremo, formado por 11 ministros, julgará o tema.

Desde 2016, o STF entende que uma pessoa pode ser presa após ser condenada em segunda instância, mas ações no tribunal visam mudar o entendimento.

Um dos principais argumentos apresentados é que, segundo a Constituição, “ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória”.

Julgamento em abril

Antes da decisão de Marco Aurélio, que pegou colegas da Corte de surpresa, havia nos bastidores a avaliação de que o atual entendimento seria revertido em abril.

Mas, segundo o blog, ministros já avaliam ser difícil mudar o entendimento. Isso porque, para integrantes da Corte, o STF precisa dar segurança jurídica e estabilidade ao país.

Fonte: Bahia.ba

COMMENTS

Nome

#OLabinho,4,=,1,Acidente,1,Assassina,5,Auto-ajuda,4,b,3,Bahia,701,Barra da Estiva,1,Brasi,11,Brasil,3116,Brasília,5,chuva,3,chuvas,7,Claudia Wild,6,CNH,2,comercio,47,Copa,1,Correios,13,Corrupção,248,D'jane Silva,6,Dança e Cultura,4,Denúncia,428,Denûncia,69,Desabamento,12,Destaque,1986,Detran,4,Distrito Fedral,4,drogas,1,Economia,396,Educação,74,Eleição,152,Elizeu Rosa,40,Emprego,35,Encostas,1,Energia,19,Entretenimento,204,Esporte,20,Eunápolis,9,Europa,1,Feira de Santana,16,FUNAI,1,Futebol,4,Google,6,Governo,43,Greve,14,Ilhéus,24,Indígenas,5,Inflação,5,Internacional,44,Internacional.,66,Internet,2,Itabuna,20,Jequié,78,Justiça,47,Lauro de Freitas,17,Meio Ambiente,34,Migrantes,28,Mundo,248,N,1,Natureza,16,Noticias,2405,Notícias,3301,Paulo Afonso,2,Pobreza,11,poli,6,Policia,125,Polícia,385,Politica,996,Política,2768,Porto Seguro,14,Presidente PTN,1,PTN,2,Religião,26,Rio de Janeiro,4,Rural,2,Salvador,325,Saúde,180,Segurança Pública,166,STF,1,Tecnologia,28,Teixeira de Freitas,15,Terroristas,5,Trânsito,48,transporte,80,TRE,5,TSE,2,Violência,254,Vitória da Conquista,29,w,2,www,1,
ltr
item
Ebahia News: Ministros avaliam ser difícil reverter prisão após 2ª instância
Ministros avaliam ser difícil reverter prisão após 2ª instância
http://d1x4bjge7r9nas.cloudfront.net/wp-content/uploads/2018/12/19151548/bancoImagemFotoAudiencia_AP_399057-1.jpg
https://3.bp.blogspot.com/-UrhM2JUgFDw/XC8oUZKzjCI/AAAAAAAAEy8/3gVA09UQwxMLd1zD2gRzgb1BlAblG-XYwCLcBGAs/s72-c/IMG-20180721-WA0034.jpg
Ebahia News
http://www.ebahianews.com.br/2019/01/ministros-avaliam-ser-dificil-reverter.html
http://www.ebahianews.com.br/
http://www.ebahianews.com.br/
http://www.ebahianews.com.br/2019/01/ministros-avaliam-ser-dificil-reverter.html
true
6004791991803311525
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO PESQUISA TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy