$type=grid$show=home$count=2$cate=0$rm=0$sn=0$au=0$cm=0

Atendimento de Saúde de Simões Filho é um dos piores da Bahia

O  Jornal  Simões Filho Online  denunciou e Publicou em 26 de abril de 2018  "O lado obscuro do Hospital Municipal de Simões Filho"  mostrando a realidade  e o sofrimento dos moradores da cidade de Simões no atendimento do hospital Municipal,  mais de um ano depois a situação piorou e a gestão municipal não teve competência para resolver o caos na saúde de Simões Filho

Através de entrevistas,depoimentos,  fotos e pesquisas, a reportagem provou que o péssimo atendimento médico realizado pelo Hospital Municipal de Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador (RMS) tem sido tema de diversas matérias publicadas nos meios de comunicação da Bahia, sendo uma das piores do estado. 

O Jornal Simões Filho Online em sua matéria de 2018, constatou que as constantes denúncias recebidas e as queixas da população sobre o assunto evidenciam que há algo de errado no serviço que vem sendo prestado na unidade hospitalar, mas a Associação de Proteção a Maternidade e a Infância de Castro Alves (APMI), insiste em tentar maquiar os fatos e apresenta inclusive, pesquisas internas de satisfação para tentar calar a voz de um povo insatisfeito com o atendimento do hospital da cidade.

Transferência

Ontem dia 22/10 Brenda Monique de Souza, entrou em trabalho de parto e procurou o hospital municipal de Simões Filho, mais ela e outras pacientes foram transferida para Salvado e Candeias, porque ela foi informada que a aparelho de ultrassom estava com defeito.

O Cidadão conhecido como Desenho Bika falou que a população sofre e padece por falta de  gestão de saúde no município,  Bike disse que sua filha foi vitima da falta de atendimento no hospital Municipal, e precisou ser transferida para Salvador.

LEIA A MATÉRIA A BAIXO DO JORNAL SIMÕES FILHO ONLINE  DE 04/2018


No intuito de fazer a voz do povo ser ouvida, o Simões Filho Online começa aqui a Série de Reportagem: O LADO OBSCURO DO HOSPITAL DE SIMÕES FILHO, que abordará sobre o assunto e trarão à tona a realidade vivida pelos que precisam do serviço de saúde do Hospital do Municipal de Simões Filho.Hospital Municipal de Simões Filho. (Foto: Jerffeson Brandão/Simões Filho Online)


A TERCEIRIZAÇÃO


Fundado em 1996, o Hospital foi administrado pela prefeitura até 2014, quando o ex-prefeito do município, Eduardo Alencar (PSD) resolveu terceirizar o serviço, visando a melhoria do atendimento. Embora a administração do HMSF esteja sendo feita por uma empresa terceirizada, a medida não foi suficiente para solucionar os problema do local que funciona 24 horas, possuindo: emergência pediátrica; emergência adulto, ortopedia e cirurgia; centro cirúrgico e obstétrico; e duas enfermarias, sendo uma de clínica médica geral e outra da maternidade e cerca de 59 leitos de internação.


VIOLAÇÃO AO DIREITO DO CIDADÃO


A atenção à saúde é direito de todo o cidadão e um dever do Estado, sendo plenamente assegurada pela Constituição Federal de 1988 (CF/88). As pessoas que não podem pagar por um plano de saúde para obter atendimento médico, têm todo direito de ter atendimento de qualidade e estes são pagos pelo Sistema Único de Saúde- SUS. Em Simões Filho, a APMI recebe mensalmente mais de R$ 2 milhões de reais da Prefeitura Municipal de Simões Filho para administrar o hospital, investir em melhorias, dar manutenção nos aparelhos e pagar os funcionários.

Na cidade, a população sofre à espera de atendimento na recepção e constantes queixas de descasos no hospital chegam com frequência à redação do Simões Filho Online, com relatos de demora no atendimento, dificuldade para conseguir passar por uma consulta médica, diagnósticos feitos sem realização de exames, falta de recursos, demora para regulação de pacientes, dentre outras reclamações.


O SOFRIMENTO DA POPULAÇÃO


Em uma Blitz realizada pela reportagem do Simões Filho Online, na tarde desta quarta-feira (25/4), trazemos à tona a realidade da unidade de saúde, que é cruel para com a população.Carlos Antonio, é morador de Palmares. (Foto: Jerffeson Brandão/Simões Filho Online)

O primeiro a conversar com a reportagem foi Carlos Antonio, ele é morador de Palmares e estava na unidade de saúde acompanhando a esposa que estava com muitas dores no peito (caixa torácica) e tosse. “Tem três horas esperando e continuo aguardando, cheguei por volta de 12h e minha esposa passou apenas pela triagem e mandou aguardar. Quem aprova a pesquisa de satisfação é porque não precisa do atendimento. Pode vim ao hospital para ser atendido que vai sentir o que é a verdade”, desabafou ele durante entrevista.Jorge de Palmares. (Foto: Jerffeson Brandão/Simões Filho Online)

Já Jorge de Palmares, morador do município, também revelou ter vivido uma situação delicada no ultimo domingo (22/4), quando sua mãe precisou de atendimento no Hospital. “No último domingo, minha mãe foi socorrida para o hospital, na saída, no momento em que ela recebeu alta quando foram tirar o equipo, não tiraram direito e o braço de minha mãe sangrou bastante. Ela perdeu muito sangue. Ainda presenciei um outro fato, chegou uma paciente passando mal e não tinha um maqueiro para levar ela, quinze minutos depois a mulher ainda não tinha sido atendida e ainda estava lá fazendo ficha”, afirmou Jorge de Palmares.

“Se tiver pesquisa falando bem do atendimento, ou fraldaram essa pesquisa ou consultaram pessoas que não moram no município. Em lugar nenhum se alcança um percentual desse de 99%. Você pode ter certeza que tá errada essa pesquisa”, contesta Jorge de Palmares.Isabela Ferreira, 37 anos, moradora da Pitanguina/Cova da Gia. (Foto: Jerffeson Brandão/Simões Filho Online)

Para Isabela Ferreira, 37 anos, moradora da Pitanguinha/Cova da Gia, que acompanhou a filha em uma consulta na tarde desta quarta-feira (25/4), o hospital deixa muito a desejar. “O atendimento é muito demorado, era pra ter um médico especializado só para idosos. Todo mundo que está aqui necessita da emergência e, é demorado. Eu fiquei quatro horas aqui. Precisa ter mais agilidade no atendimento, um médico só para atender todo mundo”, reclamou Isabela Ferreira.
Antonio Carlos, morador do Bairro Coroa da Lagoa. (Foto: Jerffeson Brandão/Simões Filho Online)

Seu Antonio Carlos, morador do Bairro Coroa da Lagoa, tinha acabado de chegar no hospital por volta das 14h30 , para buscar um atendimento e também revelou ter passado dias difíceis na unidade no período em que sofreu um AVC e precisava constantemente de atendimento médico. “Cheguei ha pouco instantes e estou aguardando atendimento, mas quando tive um AVC, já teve tempo que passei aqui cinco horas aguardando para ser atendido, até mesmo um dia inteiro. Fiquei com tanta raiva que pensei até em ir na televisão denunciar. Eu como morador da cidade a mais de 40 anos não vejo lá essas coisas no atendimento, médico bom tem, agora tá deixando a desejar”, disse seu Antonio.

A equipe de reportagem do Simões Filho Online tentou falar com o diretor da unidade de saúde Dr. Humbert Cal, que se recusou a receber a reportagem para tratar do assunto. Na ocasião, a equipe foi recebida pela Coordenadora de Recepção a senhora Eliene Ribeiro, que de forma muito gentil e profissional, chegou a mostrar as ações que estão sendo feitas para melhorar o atendimento, porém, não tinha autorização para ceder entrevista.

Os descasos no atendimento a população já foram abordados na Câmara Municipal quando no último dia (17/4), o vereador Cleiton Bolly Bolly (SD) durante uso da tribuna, falou sobre o assunto e teceu críticas ao atendimento. “A empresa que administra o hospital recebe quase três milhões de reais todo mês para dar um tratamento horrível ao povo de Simões Filho. Essa empresa tá matando o povo dessa cidade. Os aparelhos estão quebrados, sem manutenção, não paga profissional, não paga rescisão, ela está prejudicando até o prefeito que trabalha pelo povo”, pontuou o vereador depois relatar um fato vivido por ele no ultimo dia (13/4).

Entretanto, ao que parece, os casos que são veiculados aqui, têm causado desconforto aos administradores do hospital, que insistem em acobertar a real situação vivida e relatada pela população, que tanto critica o atendimento.


A MAQUIAGEM


Após a reportagem publicada pelo Simões Filho Online, na última segunda-feira (24/4), denunciando o péssimo atendimento médico oferecido pela unidade de saúde, o site Mapele News publicou na tarde desta terça-feira (25/4), uma matéria com pesquisa interna realizada pela APMI, referente a qualidade do atendimento prestado no hospital, onde segundo o site, dos 234 pacientes ouvidos durante internamento, mais de 200 classificam como “ótimo ou bom” os serviços prestados no hospital, ou seja, segundo eles 99% dos pacientes estão satisfeitos com o atendimento. Os gráficos apresentados na matéria indicam que a maioria das pessoas entrevistadas apontam como ótimo a forma de atendimento na recepção, na segurança e na enfermagem.

Um detalhe a ser observado, é que segundo a matéria que tenta maquiar a real opinião do povo, os entrevistados são pacientes que estão internados na unidade e que foram abordados por funcionários da administração para responder a pesquisa de qualidade. Além disso, a amostra avaliada corresponde apenas a 234 entrevistados, sendo que segundo revela a própria matéria, o hospital realiza diariamente 850 atendimentos e o número pesquisado não corresponde se quer a metade dos pacientes que passam por atendimento na unidade todos os dias.

O curioso é que, dos dados apresentados pelo hospital, e publicados pelo site citado acima é possível observar que em três questões exatamente o mesmo número se repete, e 99% dos entrevistados classificam igualmente como ótimo o atendimento, o que não é comum em pesquisas de opinião. Outro ponto a se questionar é que o número de pessoas entrevistadas no aplicar da pesquisa (234) não é um número representativo uma vez que hospital recebe diariamente cerca de 850 pessoas. Logo, para ter o mínimo de representatividade científica, o questionário deveria ser aplicado ao longo de uma semana consultando pelo menos metade das pessoas que são atendidas por dia.

Para comprovar que a grande maioria da população da cidade que frequenta o Hospital Municipal de Simões Filho não estar satisfeita com o atendimento prestado, o Simões Filho Online realizou uma enquete na página oficial do site na rede social Facebook, onde os internautas votaram. [Confira o resultado abaixo]


SEM MAQUIAGEM


Com a pergunta “Como você avalia o atendimento no Hospital Municipal de Simões Filho?”, a enquete teve inicio às 18 horas desta terça-feira (24/4) e foi encerrada às 18 horas desta quarta-feira (25/4). Um total de 795 leitores do Simões Filho Online participaram da pesquisa espontâneamente.

Dessas, 655 pessoas escolheram a resposta “Ruim”, ou seja, 82% dos que opinaram não estão satisfeitas com o atendimento na unidade de saúde. Já 140 escolheram a resposta “Bom”, ou seja, apenas 18% estão satisfeita com o atendimento. Veja o resultado da enquete abaixo.


Vale ressaltar que a enquete é controlada pelo Facebook, e tem um dispositivo que impede que cada internauta vote mais de uma vez com um perfil, dificultando ações que tentem direcionar o resultado.

É importante ressaltar também que, a enquete realizada pelo Simões Filho Online não se trata de pesquisa, e sim de mero levantamento de opiniões, sem controle de amostra, a qual não utiliza método científico para sua realização, dependendo, apenas, da participação espontânea dos leitores.


Ancora da Noticia

COMMENTS

Nome

#OLabinho,4,=,1,abril,4,Acidente,6,alba,84,Assassina,7,Auto-ajuda,7,b,3,Bahia,1017,Barra da Estiva,9,BaSimoes Filhohia,3,BNDS,3,BOLSONARO,149,Brasi,50,Brasil,3451,Brasília,64,Brasíliabbr,1,Camaçari,5,CEADEB,15,chuva,4,chuvas,7,ciodades,1,Claudia Wild,8,CNH,2,comercio,49,COMUNISMO,21,Copa,1,Correios,19,Corrupção,270,D'jane Silva,6,Damares Alves,2,Dança e Cultura,18,Denúncia,450,Denûncia,94,Desabamento,13,Destaque,2056,Detran,5,dinheiro,3,Distrito Fedral,8,drogas,7,Economia,414,Educação,87,Eleição,159,Elizeu Rosa,121,Emprego,39,Encostas,3,Energia,23,Entretenimento,208,Esporte,24,Eunápolis,11,Europa,2,Feira de Santana,17,FUNAI,3,Futebol,6,GDF,1,Google,7,Governo,50,Greve,16,Ilhéus,24,Indígenas,8,Inflação,5,Internacional,51,Internacional.,68,Internet,5,Itabuna,23,Jequié,83,Justiça,61,Lauro de Freitas,22,Libertacao,1,Lva Jato,1,Meio Ambiente,39,Migrantes,33,Mundo,271,N,1,Natureza,24,Noticias,2428,Notícias,3488,Partido,3,Pastores,5,Paulo Afonso,2,Pobreza,14,poli,8,Policia,160,Polícia,416,Politica,1082,Política,2877,Política&Poder,18,Porto Seguro,15,Presidente PTN,3,PTN,3,Religião,38,Rio de Janeiro,7,Rural,2,Salvador,354,SAU,1,Saúde,187,Segurança Pública,187,Serrinha,1,Simoes Filho,5,Simões Filho,5,SSAU,1,STF,5,Tecnologia,28,Teixeira de Freitas,16,Terroristas,8,Trânsito,48,transporte,83,TRE,7,TSE,4,Violência,267,Vitória da Conquista,30,w,2,www,1,
ltr
item
Ebahia News: Atendimento de Saúde de Simões Filho é um dos piores da Bahia
Atendimento de Saúde de Simões Filho é um dos piores da Bahia
https://bahianoar.com/wp-content/uploads/2019/02/hospital-de-simoes-filho-678x381.jpg
Ebahia News
http://www.ebahianews.com.br/2019/10/atendimento-no-hospital-municipal-de.html
http://www.ebahianews.com.br/
http://www.ebahianews.com.br/
http://www.ebahianews.com.br/2019/10/atendimento-no-hospital-municipal-de.html
true
6004791991803311525
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO PESQUISA TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy