$type=grid$show=home$count=2$cate=0$rm=0$sn=0$au=0$cm=0

Indenizações por tragédia em Mariana atingiram R$ 8,71 bilhões em 2021

Valor supera em182% previsões iniciais, diz Fundação Renova

Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

As indenizações e auxílios financeiros emergenciais pagos pela Fundação Renova por danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, Minas Gerais, atingiram mais de R$ 8,71 bilhões até o fim do ano passado e atenderam cerca de 363,5 mil pessoas. Desse total, cerca de R$ 5,64 bilhões foram liberados em 2021. Segundo a Renova, o valor é 182% superior ao previsto inicialmente para aquele ano, R$ 2 bilhões.

Em 5 de novembro de 2015, o rompimento de barragem da mineradora Samarco causou a morte de 19 pessoas e gerou impactos em dezenas de cidades de Minas Gerais e do Espírito Santo localizadas na Bacia do Rio Doce.

De acordo com a gerente de Gestão Integrada de Soluções Indenizatórias da Fundação Renova, Mariana Azevedo, o processo de indenizações ganhou velocidade com o uso do Sistema Indenizatório Simplificado. O sistema foi implementado agosto de 2020, após decisão da 12ª Vara Federal, atendendo a reivindicações das famílias atingidas, que pediram para reduzir o tempo para o pagamento das indenizações.

A simplificação permitiu liberar os pagamentos para trabalhadores de categorias como artesãos, carroceiros, lavadeiras e pescadores informais e de subsistência, entre outros. Segundo Mariana, antes o processo de indenização demorava mais porque era feito com base na comprovação formal, muito em função também de outras vias judiciais, o que foi resolvido para as categorias informais.

Esse processo teve grande aceitação, e cerca de 92% das pessoas atingidas pela tragédia aderiram a ele, disse a gerente da Renova, em entrevista à Agência Brasil. Mariana espera que as adesões aumentem porque há localidades que receberam a sentença em dezembro e outras que já encaminharam o processo ao longo de janeiro.

Ela explicou que existe uma série de etapas dentro do sistema em que as pessoas vão avançando até receber as indenizações, mas ressaltou que ainda não é possível definir um prazo para conclusão desses pagamentos. “Não existe um marco de finalização desse processo. É preciso respeitar a dinâmica territorial. Algumas localidades começaram a entrar agora e existe o tempo de entendimento das pessoas que foram habilitadas agora sobre a possibilidade de participar desse processo”, acrescentou.

Prejuízo no campo
Reflorestamento de áreas atingidas em Mariana
Áreas atingidas pelo rompimento da Barragem de Fundação precisaram ser reflorestadas – Divulgação/Fundação Renova
O criador de gado leiteiro Marino D’Angelo, presidiu a associação de produtores locais, que antes da tragédia reunia 120 famílias, que tiravam 10 mil litros de leite por dia. Marino disse .ainda estão na atividade 58 famílias, que, na seca do ano passado, produziram 2 mil litros de leite. “Foi um empobrecimento muito grande aqui. Um empobrecimento forçado.”

A família do pecuarista plantava milho e feijão para consumo próprio, além de criar porcos, mas tudo foi prejudicado pelo vazamento de rejeitos da barragem. Marino teve que sair da propriedade há seis anos, e as pessoas que plantavam em associação com ele como meeiros foram mandadas embora.

Marino deixou a presidência da associação, porque, em 2017, não conseguiu pagar financiamento do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) com o Banco do Brasil, contratado desde 2004. “Eu tinha gado aqui, por inseminação artificial, que na época era o melhor da região. Fui me desfazendo do que tinha para honrar meu nome, porque o maior bem que se tem aqui é a palavra empenhada. Na época, eu tirava mil litros de leite por dia, a renda passava de R$ 20 mil por mês e tinha quatro funcionários. Hoje só tenho um. Mesmo assim, reduzi o salário dele.”

Hoje Marino, a mulher e dois filhos moram em uma casa alugada pela Renova, mas não conseguem produzir ali o leite, nem plantar para consumo próprio. A casa é em um sítio na cidade de Águas Claras, a 15 quilômetros de Paracatu de Baixo, onde a família tinha quatro propriedades, uma das quais foi totalmente perdida. Outra propriedade, onde ficava sua casa, ficou isolada e foi interditada pela Defesa Civil e pela Samarco, porque havia ameaça de rompimento de uma barragem próxima.

Inicialmente, como a casa não foi destruída, Marino não foi considerado atingido. Só depois da interdição é que foi incluído na comissão de atingidos. “Hoje sei que minha casa está em área de risco e que o solo foi contaminado por metais pesados. Nem tem mais como viver lá, tornou-se um lugar isolado.” Ele esperava que tudo se resolvesse em seis meses, mas, até agora, a situação não foi resolvida.

Marino não concordou com a proposta da Renova e entrou na Justiça para questionar a indenização das perdas que sofreu. “Eu estou na Justiça. Arrumei advogado e estou esperando.”

Justiça
Mariana Azevedo disse que, embora parte dos atingidos tenha aderido ao Sistema Simplificado, outros preferem procurar a Justiça. “Entendemos o direito das pessoas. O processo de indenização é facultativo, as pessoas têm outros meios e escolhas. Respeitamos o direito de escolha.”

Segundo a gerente da Fundação Renova, a adesão ao Sistema Simplificado vai até dia 30 de abril. Até lá, todas as localidades podem aderir, mas, depois desse prazo, terão que seguir as tratativas formalizadas nas vias judiciais. “Ainda que a plataforma se encerre, continuaremos atendendo na outra frente de indenização, que também é reforçada por meio das sentenças. É outra forma de seguir com as indenizações. E não tem prazo de adesão.”

De acordo com Mariana, no ano passado, com o avanço do processo, o número de indenizados chegou a quase 52 mil pessoas, correspondendo ao valor total pago de R$ 5,1 bilhões. O número anterior foi 14 mil pessoas. E continuam as indenizações para categorias formais, como pescadores profissionais, proprietários de embarcações e empresas como hotéis, pousadas e restaurantes. O processo inclui também moradores de 45 municípios impactados pelo rompimento da barragem.

Já a reparação financeira para pessoas tiveram danos comprovados é tratada pela Fundação Renova por meio do Sistema PIM/AFE, que contempla aqueles que atendem aos critérios do Programa de Indenização Mediada (PIM) e do Programa de Auxílio Emergencial (AFE), conforme previsto no termo de transação e de ajustamento de conduta (TTAC).

Fonte: Bahia.ba

COMMENTS

Nome

@alba,2621,@alba Destaque,47,@bahia,1,@deputadonelsonleal,30,@oficialalexlima,5,@ottofilhooficial,1,#alba,115,#OLabinho,6,=,1,000001,8,2021,3,5G,1,A,1,Abílio Santana,1,aborto,1,abril,18,Abuso Infantil,2,Acidente,17,ACM NETO,1,ACM Neto Tranca Rua,1,Adolfo Menezes,3,aglomeração,1,Aids,3,ajuda,1,alba,304,Alemanha,1,Aliança Pelo,19,Aliança Pelo Brasil,130,aliciador de mulheres,1,amamentação,1,amazônia,1,ANEEL,1,armas,3,Arthur Lira,1,artistas,1,Assassina,15,assassinato,7,Assembleia de Carinho,19,Assembleia de Deus,14,Assembléia Legislativa,39,atleta brasileira,3,Ator Pedofilo,1,Augusto Aras,3,Auto-ajuda,7,autoescolas,1,Auxilio,10,avanço,1,AVANTE,9,b,3,B@alba,1,Bahia,3749,Bahia Gospel News,1,Bahiaa,1,Banco Central,1,bancos,1,Bandido,24,BANDIDOS,23,Barcelona,1,Barra da Estiva,15,barreira,1,BaSimoes Filhohia,6,BNDS,13,Boa Ação,1,bolsas,1,BOLSONARO,499,Bom Despacho,1,Brasi,83,Brasil,6039,Brasil',1,Brasilia,37,Brasília,142,Brasíliabbr,3,briga,1,Bruno Réis,1,Cadeias,1,Camaçari,9,Câmara,1,Câmara Municipal de Salvador,1,Campo Alegre,1,candeias,2,capitais,1,Carnaval,4,CEADEB,24,Ceara,1,Ceará,4,censura,1,China,5,China Assassina,7,China Comunista,14,Chuna Comunista,14,chuva,4,chuvas,8,Cidades,65,ciodades,2,Cipó,2,Claudia Wild,9,CLDF,9,Cloroquina,4,CNH,2,CNN,1,Coelba,1,combater,1,comercio,51,COMUNISMO,38,concurso,1,Copa,1,coragem,1,Coronavirus,93,Coronel do Ceará,1,Corpo de bombeiros,1,Correios,19,Corrupção,302,Corrupto,18,covid,13,covid-19,26,cracolândia,1,crianças,4,Crime,12,Crime Organizado,29,CRIMINOSOS DA POLITICA,3,CRIMINOSOS DA POLITICIA,35,crise,1,Cristão,3,crítica,1,cuba,1,Cultura,7,D'jane Silva,6,Damares Alves,6,Dança e Cultura,19,Danilo Pedofilo,1,Dayane Pimentel,1,Debora Santana,4,Débora Santana,5,Decretos Abusivos,3,Decretos de Prefeitos,2,delivery,1,denuncia,3,Denúncia,453,Denûncia,101,Deputado Isidório,5,Desabamento,13,desrespeito,2,desta,2,Destaque,3180,Detaque,24,Detran,8,DF,1,Dia das Crianças,1,dia dos avós,1,Diário Oficial,1,dias dos pais,2,Dias Toffoli,1,dinheiro,11,Direitos Humanos,6,Distrito Fedral,9,ditadores da Bahia,14,Ditadura,2,doença mental,1,dólar,1,Donald Trump,5,drogas,14,Economia,579,EDU,2,Eduardo Alencar,4,Eduardo Bolsonaro,5,Educação,140,Eleções,9,Eleição,172,eleições,6,eleições 2020,45,eleições 2022,44,eleições Débora Santana,1,Elizeu Rosa,153,Embaixador,1,embasa,10,Emprego,40,Encostas,3,Enem,5,Energia,23,Enfermagem,1,Entretenimento,211,Escândalo,1,escola,2,Esporte,41,Esquerda,2,Estado de Sítio,1,estuprador,3,EUA,4,Eunápolis,15,Europa,4,Evangelicos,1,Evangélicos,5,Exercito,4,Explosão,1,EXTREMA ESQUERDA MBL,13,Fábio Pochar Pedofilo,1,Facebook,1,faculdades,1,fake news,1,falecimento,1,falso profeta,1,Famoso Pedofilo,1,FBDH,5,FBDH.ORG,9,Fé,2,Feira de Santana,24,Feira de São Joaquim,1,Felipe Neto,1,feminista,1,fenômeno,1,FGTS,2,FIES,4,Fora Rodrigo Maia,1,FUNAI,3,Fundação Dr. Jesus,3,Futebol,15,Gasolina,2,GDF,13,General Mourão,4,geral,29,Geraldo Junior,1,GLO,1,Globo,2,Google,7,Gospel,3,Governador da Bahia,1,Governadores Ditadores,4,Governo,54,Greve,16,guarajuba,1,Guerra na Ucrânia,1,Harvard,1,herói,1,hidroxicloroquina,5,HIV,1,homicidio,1,hospital,3,IBGE,1,igrejas,3,Ilha de Itaparica,1,Ilhéus,26,Imovel,1,Imposto,1,Indígenas,10,Inflação,5,Injustiça,5,INSS,6,instagram,1,Insulina,1,interior,5,Internacional,132,Internacional.,79,Internet,6,investigação,1,irã,1,Isidorio,6,isolamento,2,Israel,2,Itabuna,28,Itamaraju,54,japão,1,japonês,1,Jejum Pelo Brasil,1,Jequié,93,jovens,1,juamento,1,Juazeiro,2,juazeiro da bahia,1,julho,1,Justiça,119,Ladrão,5,Lauro de Freitas,31,Lésbicas Assassinas,2,LGBTI+,1,Libano,1,Líbano,1,Liberdade de Culto,2,Libertacao,1,Literarura,2,litoral,1,lixo,1,Lula,1,Lva Jato,1,Maconheiro,1,Madonna,1,Malandro,1,manifestação,1,Mar Grande,1,MARGINAIS,8,Maria Quiteria,1,MBL,2,MEC,2,médica,2,médicos,1,Meio Ambiente,50,mendigos,1,Michelle Bolsonaro,2,Migrantes,33,militares,3,Minas Gerais,1,Minas gerais,1,minha casa,1,minha vida,1,Ministério d Justiça,7,ministério da saúde,3,ministério público,5,Ministra Damares,7,Ministro da Infraestrutura,1,Ministro Moro,1,Minstro Moro,2,money,1,moradores de rua,1,Morar Melhor,1,Moro,2,MP,1,MPF,13,MST,1,Mundo,444,música,1,N,1,Nacional,1,Naja,1,Nas Ruas,1,Natura,1,Natureza,24,negócios,1,Nelson Leal,6,Netflix,1,neto,1,Nikolas Ferreira,2,Niterói,1,Nordeste,8,Noticias,2429,Notícias,3488,Noticias do Brasil,2,nova Cédula,1,nova ordem mundial,1,Olavo de CARVALHO,1,Olimpíada,1,OMS,1,ONU,2,Oração pelo Brasil,3,orcrim,1,Ordem Mundial,1,Otto Alencar,8,Otto Filho,5,pandemia,19,Partido,5,Partido Chines Criminso,2,pastor,2,PASTORA,1,Pastores,6,patriotismo,1,Paulo Afonso,2,Paulo Guedes,1,PCDF,1,pedofilia,4,perigo,1,pertubação,1,Peste Chinesa,5,petista,1,Petrobras,3,PGR,5,planetas,1,Pobreza,15,poli,8,Policia,187,Polícia,423,Polícia & Poder,6,Policia Federal,18,Polícia militar,1,Politica,1444,Política,2893,Politica & Poder,59,Política&Poder,81,Politicab,1,Políticos Bandidos,2,Porto Seguro,23,Pr Edson Freitas,1,Prado,1,praias,1,preconceito,1,prefeito,1,prefeitos,1,Presidente da Republica,3,Presidente PTN,3,Presidente Tancredo Neves,2,presidio,1,PRF,1,Privação de Liberdade,1,prouni,1,PSD,6,PSOL DE TRAFICANTES,3,PT,3,PTN,3,Publicidade,1,Putin,1,quarentena,1,Quiteria,1,Receita Federal,1,redes social,5,Reforma Política,1,Religião,39,Rio de Janeiro,17,Rodoviária,1,roubo,1,Rui Costa,2,Rural,3,Ruy Barbosa,1,Salavador,7,Salina das Maridas,1,Salinas,2,Salvado,1,Salvador,2538,Salvador ahia,1,Sandro Moreira,1,Santa Lúzia,1,São Paulo,6,SAU,1,Saúde,318,Secretária de Educação,2,Segurança Pública,194,Sergio Moro,5,Serrinha,1,Silas Mlafaia,2,Simoes Filho,39,Simões Filho,16,SPU,1,SSalvador,1,SSAU,1,STF,31,STJ,1,surto,1,SUS,1,táxi,1,Tecnologia,29,Teixeira de Freitas,24,Terroristas,11,toquio,2,tóquio,1,trabalho,1,trafico,1,TRAIDOR,1,Trânsito,48,transporte,85,TRE,9,tremor,2,TRT-BA,1,TSE,8,twitter,1,UFBA,1,UFRB,1,Ursula,1,Uruçuca,1,vacina,4,Valença,1,Vera Cruz,2,vereador,1,Vereadora de Salvador,4,Vilas-Boas,1,Violência,273,Violência contra a Mulher,3,violencia contra mulher,1,Virus Chines,31,Vírus Chines,3,Vitoria da Conquista,2,Vitória da Conquista,32,w,2,www,1,zoavírus,1,
ltr
item
Ebahia News: Indenizações por tragédia em Mariana atingiram R$ 8,71 bilhões em 2021
Indenizações por tragédia em Mariana atingiram R$ 8,71 bilhões em 2021
https://d1x4bjge7r9nas.cloudfront.net/wp-content/uploads/2021/02/20152026/Trag%C3%A9dia-de-Mariana.jpg
Ebahia News
https://www.ebahianews.com.br/2022/01/indenizacoes-por-tragedia-em-mariana.html
https://www.ebahianews.com.br/
https://www.ebahianews.com.br/
https://www.ebahianews.com.br/2022/01/indenizacoes-por-tragedia-em-mariana.html
true
6004791991803311525
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO PESQUISA TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy